REPRODUÇÃO HUMANA SÓ PARA INFERTILIDADE?

Reprodução Humana, só para infertilidade?

Muitas pessoas acham que a FIV só deve ser usada em casais com histórico de infertilidade.

Essa tecnologia pode ser útil em outras várias situações referentes a fertilidade da mulher e do homem.

abortos de repetição:

a principal (mas não a única) causa de aborto é um desequilíbrio na quantidade de cromossomos do embrião, chamado ANEUPLOIDIA. Casais com histórico de abortos sucessivos precisam ser avaliados e, entre as opções de tratamento, a FIV com biópsia e análise  do número de cromossomos do embrião (PGTa) pode diminuir o risco de aborto das gestações subsequentes.

congelamento de óvulos para preservar a fertilidade feminina:

permite o alongamento da vida reprodutiva da mulher. Muitas vezes as mulheres ainda não encontraram o parceiro ideal para ter filhos ou pretendem atingir objetivos específicos na carreira profissional antes de engravidar. Isso adiará a maternidade em muitos anos. Para não sofrer com as dificuldades para engravidar com idade avançada e ainda ter melhor chance de gestação com seus próprios óvulos, a vitrificação de óvulos permite esse tempo adicional em chances de gestação.

seleção de embriões livres de doenças genéticas hereditárias:

os pais podem ser portadores de doenças genéticas com consequências graves aos seus descendentes. A FIV com biópsia do embrião e rastreamento da anormalidade específica (PGTm) pode ser usada para encontrar os embriões livres dessas mutações.

preservação da fertilidade em situações oncológicas:

o câncer é uma doença que atinge pessoas de diversas faixas etárias, inclusive os jovens. Felizmente hoje em dia o câncer é uma doença curável e permite vida longa e plena após o tratamento. Mas, muitos medicamentos ou intervenções como radioterapia ou cirurgia podem comprometer a fertilidade de homens e mulheres. O congelamento de sêmen, embriões ou óvulos é alternativa valiosa para essas pessoas. 

cirurgias de endometriose ou de cistos ovarianos (principalmente quando dos dois ovários) podem comprometer a reserva de óvulos.

Tratamentos médicos diversos que contra-indicam a gravidez por longo período podem causar um cenário delicado do ponto de vista reprodutivo dependendo da idade da mulher. Congelar óvulos ou embriões pela FIV pode ser uma alternativa nesses casos.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Preencha esse campo
Preencha esse campo
Digite um endereço de e-mail válido.
Você precisa concordar com os termos para prosseguir

Post anterior
ENGRAVIDEI DURANTE A EPIDEMIA DE COVID-19. E AGORA?
Próximo post
MITOS DA FERTILIDADE: RESERVA OVARIANA
Menu