Qual a relação entre estresse e infertilidade

junho 18, 2018
admin

inseminacion_artificial_murcia_02

O estresse e a infertilidade estão frequentemente ligados. Muitos eventos podem ser a causa do estresse. A pressão das contas, o início de um novo emprego ou o cuidado de um parente doente são exemplos de negação ou angústia. Casar, mudar para uma nova casa ou ganhar na loteria são exemplos de eustresse, como é chamado o estresse positivo. A infertilidade é vista na categoria de sofrimento. Procedimentos médicos, custos, incerteza sobre o resultado e conselhos indesejados ou inúteis de amigos e parentes são todos estressores associados à infertilidade e seu tratamento. Estudos mostraram que o estresse gerado ao se receber o diagnóstico de infertilidade pode ser comparado ao receber o diagnóstico de uma doença grave como o câncer.

Como o estresse causa uma resposta corporal automática que inclui uma série de hormônios que elevam a frequência cardíaca, aumentam a pressão arterial e aumentam a energia para preparar o corpo para lidar com o problema, o estresse crônico pode ter um impacto na saúde. Fadiga, dificuldade de concentração e irritabilidade são sintomas psicológicos do estresse crônico. E o corpo, se já for suscetível, pode ter problemas como dor de cabeça, aumento do desgaste e outros sintomas físicos reais.

Como a concepção sob as melhores circunstâncias depende de uma mistura única de componentes hormonais, o estresse pode perturbar o equilíbrio necessário. Embora não saibamos com certeza que o estresse causa infertilidade, há um conjunto de pesquisas que demonstram que os casais que relatam sentir-se bem engravidam mais do que os casais que relatam estar tensos e ansiosos. Da mesma forma, mulheres com níveis mais altos de estresse têm menores taxas de sucesso com fertilização in vitro do que aquelas com baixos níveis de estresse.

As pessoas respondem ao estresse de várias maneiras diferentes

Em certos grupos de pessoas, alguns mecanismos de enfrentamento aparecem com mais frequência do que outros. Uma vez que a maioria das pessoas em tratamento de infertilidade está perseguindo uma tarefa muito importante, a criação de uma família, uma variedade de fatores pode criar estresse. Pacientes mais velhos que têm menor probabilidade de conceber por causa das reservas inferiores de óvulos, por exemplo, podem rejeitar o conselho de um especialista em usar óvulos de doadores e procurar um especialista que prometa que sua idade não é um impedimento. Isso pode atrasar o tratamento mais promissor e aumentar os níveis de estresse.

O estresse também pode interferir na tomada de decisão ponderada. Quando uma pessoa está se sentindo estressada, sua capacidade de pensar com clareza e tomar decisões racionais podem ser comprometidas.

Desse modo, a redução do estresse pode permitir que os pacientes pesquisem com mais atenção, explorem e considerem as opções disponíveis para o tratamento de sua infertilidade e o desenvolvimento de estratégias de construção da família. Ao reduzir o estresse, pode ser mais fácil avaliar os prós e contras de um determinado curso de tratamento e tomar decisões que sejam de seu interesse.

Ferramentas para diminuir o estresse

Não seria razoável pensar que o tratamento de fertilidade pode ser livre de estresse, mas encontrar maneiras de minimizá-lo enquanto se busca tratamento pode ser útil. As seguintes ferramentas foram demonstradas como redutor de tensão. O exercício aeróbico, a caminhada, a ioga e o treinamento de relaxamento têm a capacidade de melhorar não apenas a saúde física, mas também o bem-estar psicológico. Atividades que ajudam a produzir estados relaxados, como o diário de imagens guiadas e grupos mente-corpo, também são redutores de estresse bem conhecidos.

Uma rede de apoio de amigos e familiares também pode ser importante. Ao mesmo tempo, essas pessoas podem não saber a melhor maneira de serem solidárias e suas tentativas de apoio podem ser indutoras de estresse. Para muitas pessoas, ter um ouvinte que exercite a aceitação ajuda a reduzir o estresse. Por isso, o melhor momento para oferecer conselhos é quando eles são solicitados.

Adaptado de: Society for Assisted Reproductive Technology

https://www.sart.org/patients/fyi-videos/stress-and-infertility/

Comentários

comentário(s)

No comments

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>