Preparação Pré Gestacional: O que eu devo fazer?

 

O objetivo deste preparo é reduzir riscos de efeitos indesejados para a saúde da mulher e do bebê. Isso pode ser conseguido otimizando a saúde feminina identificando fatores de risco modificáveis.

Esse aconselhamento começa com a pergunta: “Você pretende engravidar no próximo ano?”  Se a sua resposta é “sim”, as recomendações são:

🔸        mantenha seu exame ginecológico preventivo em dia.

🔸        doenças crônicas como diabetes, hipotireoidismo, hipertensão arterial, anemia e doenças psiquiátricas (Sd. Pânico por exemplo) devem estar controladas antes da gravidez. Às vezes medicamentos precisam ser trocados.

🔸        em caso de doenças genéticas familiares o rastreamento, estimativa de risco de recorrência e aconselhamento pré-gestacional são recomendados.

🔸        verifique se está com suas vacinas em dia, especialmente rubéola, hepatite B, tétano e coqueluche.

🔸        suplementação de ácido fólico (sempre) e vitaminas D e B (quando indicado) deve ser realizada. Priorizar a alimentação de forma natural e não industrializada.

🔸        manter o peso ideal é importante, pois o IMC acima ou abaixo do ideal está associado com diminuição da fertilidade e complicações da gravidez.

🔸        iniciar o pré natal tão logo quando comprovar a gravidez.

Fique atenta às suas datas menstruais para facilitar identificar o início da gravidez.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Preencha esse campo
Preencha esse campo
Digite um endereço de e-mail válido.
Você precisa concordar com os termos para prosseguir

Post anterior
Uso de Esteroides em Jovens pode Diminuir a Fertilidade
Próximo post
Obesidade e Fertilidade
Menu