Idade e fertilidade: entenda a relação entre elas para homens e mulheres

 

A idade do homem e da mulher é um dos principais fatores que podem interferir em sua fertilidade. É fato que a capacidade reprodutiva de ambos sofre perdas com o passar do tempo, e isso acontece devido a fatores como esgotamento do aparelho reprodutor e condições diversas de saúde.

Idade e fertilidade feminina
Geralmente as mulheres são mais férteis até uma idade anterior a idade dos homens. Quando uma criança mulher nasce, ela possui 1.000.000 de óvulos. Ao alcançar a puberdade, restam apenas 300.000. Durante o período de reprodução da mulher, aproximadamente 300 óvulos serão ovulados. Isso representa uma taxa de um óvulo por mês.

A capacidade fértil feminina geralmente começa a diminuir com a aproximação do final dos 20 anos. Sendo que, os maiores índices de fertilidade estão entre os 20 e 24 anos de idade.

Após os 35 anos, a probabilidade de uma mulher engravidar naturalmente reduz em 50% comparado aos 24 anos. E após os 40, a redução é de 50% em relação aos 35 anos.

Alguns problemas de saúde, como miomas e a endometriose, podem ser determinantes para as questões de fertilidade da mulher.

Os miomas são tumores sólidos benignos, acabam interferindo na reprodução porque dependendo do local onde se desenvolvam, podem impedir a fecundação. Os miomas são mais comuns a partir dos 40 anos de idade, o que contribui para diminuir a probabilidade dessa faixa etária.

Já a endometriose, não é uma doença característica de uma faixa etária específica, mas considerando que ela já é um impedimento para a fertilidade, quanto mais idade a mulher com endometriose tiver, mais dificuldades ela terá para engravidar. Ela ocorre quando tecidos do endométrio se desprendem e atingem outras regiões do corpo, como ovários, útero e tubas uterinas. Assim como os miomas, a endometriose pode causar obstruções que serão impedimentos para a fecundação.

Idade e fertilidade masculina
A fertilidade do homem, ainda que em menor grau que a da mulher, também sofre alterações conforme eles vão ficando mais velhos. A partir dos 40 anos de idade os níveis de testosterona do homem começam a cair aproximadamente 1% ao ano. E a motilidade dos espermatozoides diminui por volta de 7%.
Apesar da produção diária de espermatozoides, manter uma relativa normalidade, o volume da ejaculação também cai conforme o passar dos anos.

A disfunção erétil também é um fator determinante para a fertilidade do homem maduro. De acordo com pesquisas da Sociedade Brasileira de Urologia, cerca de metade dos homens com mais de 40 anos se queixam de dificuldades de ereção.Opção para ambos os sexos

A criopreservação é uma das opções para mulheres e homens que por algum motivo querem ou precisam adiar a chegada de um filho. Trata-se de uma técnica que permite a preservação de células a baixas temperaturas (196° negativos) para que sua composição permaneça inalterada.

No caso da reprodução humana, essa técnica é utilizada na preservação de gametas femininos, masculinos e embriões, que poderão ser utilizados posteriormente.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Preencha esse campo
Preencha esse campo
Digite um endereço de e-mail válido.
Você precisa concordar com os termos para prosseguir

Post anterior
Por que devo continuar tentando engravidar?
Próximo post
O que as pesquisas dizem sobre o uso da acupuntura para a infertilidade?
Menu