Fiz vasectomia. Ainda posso ser pai?

maio 11, 2017
admin

4-Fiz vasectomia. Ainda posso ser pai_site

Fim de um relacionamento e início de outro, em geral com uma mulher mais jovem, ou vontade de ter mais filhos com a mesma parceira são algumas das razões que fazem com que os homens enfrentem um consultório médico na tentativa de desfazer uma vasectomia. A boa notícia é que é possível, sim, reverter o procedimento e com relativas taxas de sucesso.

A principal ressalva é a idade do paciente e o tempo de realização da operação. Quanto mais jovem o paciente e menos tempo transcorrido da vasectomia, maiores as taxas de sucesso.

Além disso, o mais importante é ter em mente que a reversão de uma vasectomia é um procedimento um pouco mais complicado que a vasectomia em si e não é coberto pelos convênios, ao contrário da cirurgia de esterilização.

Na impossibilidade de quaisquer um destes casos e quando o desejo do casal é de ter apenas mais um filho, uma boa opção é a fertilização in vitro (FIV). Realizado em clínicas como a Fertilivitá, o procedimento consiste na coleta de óvulos e espermatozoides, na fecundação realizada em laboratório e posterior transferência do embrião para o útero materno.

No entanto, a saúde da parceira, bem como sua idade são fortes parâmetros que devem ser levados em consideração no momento de se ter um filho. Isto porque, após os 40, por exemplo, os óvulos não possuem a mesma qualidade, o que começa a acontecer com os homens somente a partir dos 60 anos. Assim, quanto mais velhas, maiores os riscos de uma gravidez. Veja mais informações no artigo Gravidez na maturidade. (https://www.fertilivita.com.br/gravidez-na-maturidade-e-possivel-mas-oferece-riscos)

Comentários

comentário(s)

Tags:

No comments

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>