Fertilização in vitro

novembro 18, 2014
admin

A técnica de fecundação por inseminação artificial é utilizada principalmente para casais em que a mulher tem problemas nas trompas, ou em caso de problemas na produção dos gametas do homem

Fertilização in vitro (FIV), ou “bebê de proveta”, é uma técnica que consiste na coleta dos gametas para que a fecundação seja feita em laboratório e depois na transferência desses embriões de volta para o útero materno. Os espermatozoides, juntamente com os óvulos, são inseridos numa cultura especialmente preparada e são mantidos em condições ideias de temperatura, simulando trompas – canal que liga o útero ao ovário. Se o processo evoluir favoravelmente, os pré-embriões são transferidos para o útero da mãe.

O procedimento consiste em 3 etapas, que tem um tempo de duração de aproximadamente 15 dias, são elas:

  • 1- Indução da ovulação: os ovários são estimulados através de medicamentos. Durante a indução é feito o acompanhamento ultrassonográfico do crescimento dos folículos – espécie de bolsinha que contém os óvulos. Quando estes atingem 18 milímetros, já estão maduros para serem coletados.
  • 2- Coleta de óvulos: por meio de uma agulha guiada por ultrassom é introduzida no interior dos ovários da paciente, por via vaginal, para que os óvulos sejam captados.
  • 3- Transferência embrionária: é a transferência dos embriões para o interior do útero da mulher, realizada após 5 dias de desenvolvimento embrionário in vitro.

Comentários

comentário(s)

No comments

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *