Endometriose & Fertilidade

ENDOMETRIOSE é uma doença que altera vários aspectos da fertilidade feminina. Gera um ambiente de inflamação na pelve, causa distorção anatômica nas trompas, cistos com sangue nos ovários (endometriomas ou cistos de chocolate), prejudica a qualidade dos óvulos, dificulta a interação do espermatozoide com o ovulo e pode diminuir a receptividade uterina ao embrião.

Já foi o tempo em que toda a suspeita de endometriose era indicada a cirurgia por laparoscopia. Atualmente, podemos fazer o diagnóstico por métodos de imagem (US transvaginal com preparo intestinal e ressonância magnética) de forma confiável e controlar os sintomas por tratamento clínico em muitos casos.

A cirurgia, quando indicada, deve ser feita em momento estratégico da vida da mulher, a depender da gravidade dos sintomas, e de maneira completa (sem deixar doença residual se possível).

As mulheres com a coexistência de endometriose e infertilidade devem consultar um especialista em Reprodução Humana para decidir o melhor caminho para a gravidez: FIV ou cirurgia?

Em boa parte dos casos a FIV é mais indicada para o tratamento da infertilidade do que a cirurgia (que pode comprometer a reserva ovariana e adiar ainda mais as tentativas de gravidez).

Congelar óvulos antes da cirurgia de endometriose ovariana pode ser importante – converse com seu médico sobre essas possibilidades.

      

Nas fotos acima vemos o comprometimento dos 2 ovários por endometriomas.

Se quiser compartilhar algum pensamento ou experiência, deixe seu comentário!

—————

Leia também: Reprodução Humana, só para infertilidade? 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Preencha esse campo
Preencha esse campo
Digite um endereço de e-mail válido.
Você precisa concordar com os termos para prosseguir

Post anterior
O que não falar para quem enfrenta a infertilidade
Menu