Como preparar meu pequeno para a chegada de um irmãozinho ou dois?

Sentir ciúmes faz parte da natureza humana e até os adultos sofrem com isso. As crianças não escondem seus sentimentos e tudo pode ser muito intenso para elas. A chegada de um irmãozinho ou dois quase sempre gera confusão no irmão mais velho, que pode se sentir deixado de lado. Saiba como lidar com essa situação e prepará-lo para a chegada de mais membros na família.

Converse com seu filho diariamente

Muitas pessoas acham que não precisam conversar com as crianças porque elas não entendem as coisas. Nada mais errado! Um bom diálogo pode resolver ou minimizar diversos problemas. Por isso, dê atenção ao seu filho e converse com ele sobre a chegada do irmãozinho. Lembre-o de que nada irá mudar em relação aos sentimentos que todos têm por ele. Converse também com o restante da família para que deem um suporte maior à criança mais velha nesse momento.

Mostre o lado bom de ter uma companhia

Mostre para a criança como é bom ter um irmão para brincar e compartilhar as coisas boas da vida. Fale o quanto eles podem ser amigos e terem diversas histórias para contar quando forem mais velhos. Nessa hora vale contar com a literatura infantil e procurar histórias que mostrem a relação entre irmãos. Passe sempre a segurança de que mesmo que o bebê exija bastante cuidado, você sempre dará atenção para os dois e cada um ocupa um ligar importante e insubstituível dentro da família.

Não deixe de dar atenção ao seu filho mais velho

Sabemos que o momento de espera por um bebê exige bastante trabalho. É preciso cuidar das consultas médicas, do enxoval, organizar o quarto, os móveis, o chá de bebê. São tantas coisas que o seu filho mais velho pode ser sentir deixado de lado. Por mais que a sua rotina esteja agitada não deixe de dar atenção a ele. Lembre-se que o ciúme e o sentimento de ser esquecido pode ser muito intenso para a criança. Por isso, tente inseri-lo nas tarefas do dia a dia. Mostre o quanto você precisa dele para te ajudar a escolher as coisas do quarto que será dele e do irmãozinho, por exemplo. É importante também ter alguns momentos para fazerem atividades focadas no filho mais velho, como por exemplo, passear juntos e irem a algum lugar que ele deseja ir.

Em alguns casos a criança mais velha pode começar a ter atitudes para chamar a sua atenção como fazer xixi na cama, por exemplo. Tenha paciência e lembre-se que quanto mais conversar com ele mais fácil será o processo de aceitação. O importante é não mudar muito a rotina da criança na fase de preparação para a chegada do bebê. As mudanças no quarto e na casa devem ser feitas aos poucos e sempre com muita conversa.

Se ele disser que não gosta do bebê ou que não quer ter um irmão, mesmo depois do nascimento, não faça com que ele reprima esses sentimentos. É importante que a criança exponha suas angústias para que se sinta melhor. Tenha em mente que essa fase é passageira e dê tempo ao tempo!

Para ler mais artigos como esse não deixe de visitar nosso site e nosso blog: https://www.fertilivita.com.br

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Preencha esse campo
Preencha esse campo
Digite um endereço de e-mail válido.
Você precisa concordar com os termos para prosseguir

Post anterior
Conheça técnicas inovadoras de fertilização
Próximo post
A infertilidade e a união do casal
Menu