Como interpretar o espemograma?

 

O espermograma é o principal exame pedido para avaliar a fertilidade masculina. A correlação entre contagem seminal e fertilidade vem de longa data. Observando-se o sêmen de pacientes férteis e inférteis foram estabelecidos parâmetros de normalidade que ajudassem a definir esses grupos.

A população fértil normalmente apresenta contagem de espermatozoides, motilidade e morfologia dentro de parâmetros normais estabelecidos. Entretanto encontramos homens férteis com contagem abaixo do normal (5%) e motilidade também abaixo do normal (15%). Como isso é possível? Ou seja, não necessariamente a contagem ou motilidade baixas indicam infertilidade, mas a chance de concepção é reduzida nesses casais de forma proporcional à piora desses índices. Da mesma forma que a chance de gravidez espontânea aumenta proporcionalmente com o aumento da quantidade de espermatozoides móveis.

Outro fator que deve ser levado em conta é que pode existir instabilidade das variáveis do espermograma de um mesmo homem em momentos diferentes. Isso ressalta a importância de examinar mais de uma amostra para melhorar a interpretação.

Além do espermograma outros exames podem ser solicitados para complementar essa avaliação masculina. Converse com um especialista em Reprodução a esse respeito.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Preencha esse campo
Preencha esse campo
Digite um endereço de e-mail válido.
Você precisa concordar com os termos para prosseguir

Post anterior
ARREPENDIMENTO DA VASECTOMIA: OPÇÕES PARA GRAVIDEZ APÓS O PROCEDIMENTO
Menu