Uso de embriões congelados deve ser discutido de forma legal antes de fertilização

setembro 28, 2015
admin
Uso de embriões congelados deve ser discutido de forma legal   antes de fertilização
A fertilização in vitro é uma maneira encontrada por diversos casais que tem dificuldades para ter um filho. Em alguns casos obtemos embriões excedentes provenientes desses tratamentos. Esses embriões podem ser congelados e utilizados em outros ciclos de tratamento no futuro, com chances de sucesso tão boas quanto as de embriões a fresco. Mas quem deve ser o responsável pelo destino desses embriões? E quando o casal se separa e um dos dois quer usar esses embriões? Quem tem o direito de decidir esse destino quando um dos cônjuges ou os dois possam vir a falecer no futuro?

Todas essas questões devem ser previamente estabelecidas para não gerar desentendimentos futuros. São elaborados “Termos de Consentimento de Tratamento” previamente e todas essas situações de exceção são colocadas para o casal. Assim eles podem refletir sobre o assunto e discutir seus desejos pessoais antes, sem que nenhuma outra pressão que possa influenciar suas decisões. Isso torna mais natural a decisão de realizar ou não congelamento de embriões excedentes, bem como qual será a conduta a ser tomada nessas situações de exceção de acordo com o desejo do casal.

Um caso recente de um casal norte-americano que se divorciou gerou disputas nos tribunais, para decidir o destino dos embriões que eles congelaram quando eram casados. A mulher, que se tornou infértil após um tratamento contra o câncer de mama, desejava utilizar os embriões, enquanto seu ex-marido desejava destruí-los. Além disso, no formulário da clínica de fertilização, existia a informação de que o casal teria concordado que em caso de divórcio, os embriões seriam destruídos, e que ficariam com a mulher caso o marido morresse.

Este caso mostra que é necessário que o casal converse muito bem sobre a fertilização in vitro, com todo cuidado e amor, exatamente porque o assunto é dos mais sérios na vida de qualquer casal.

Comentários

comentário(s)

No comments

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>