Quais os riscos uma gravidez tardia traz para as mulheres?

junho 25, 2018
admin

900-Familia.-Small

Ter filhos é o sonho de muitas mulheres, e de muitos homens, que esperam a vida inteira para construir uma família. Por isso, a gravidez é uma benção, e um motivo para comemoração, não importa o quando ela venha.

Porém, é preciso tomar alguns cuidados. Especialmente se ela ocorre na mulher com idade avançada. A gravidez tardia traz a mesma alegria, mas ela tem alguns riscos extras.

Cada vez mais os casais estão optando, voluntariamente, por uma gravidez tardia. É muito comum esperar um pouco mais, até que ambos estejam estabelecidos financeira e profissionalmente e com um relacionamento mais forte, para começar a família.

Felizmente graças à medicina e a tecnologia, existem alternativas e soluções para diminuir os riscos dessa gravidez. Vamos ver alguns desses riscos.

 

A dificuldade de engravidar e riscos de abortos e malformações

Um dos riscos de tentar a gravidez mais tarde é após certa idade a fertilidade natural da mulher diminui. Essa diminuição começa a ser mais acentuada após os 35 anos de idade. Caso esse adiamento seja extremo a própria gravidez passa a ser um desafio. Complicações obstétricas e malformações fetais podem ser mais frequentes. O congelamento dos óvulos é uma solução para garantir gametas saudáveis e disponíveis para serem usados com menores riscos no futuro.

 

Os problemas que a mãe pode ter

Os riscos também podem ser para a futura mãe. Na mulher, uma idade mais avançada durante a gestação está associada a uma maior chance de surgimento de problemas como a diabetes gestacional, a hipertensão por conta da gravidez e outros. Esses problemas podem ser ainda mais agravados se houver uma predisposição genética.

Por isso, com a idade, a necessidade de um acompanhamento médico durante a gravidez e a importância de tomar cuidados específicos é ainda maior. O período pré-natal se torna muito mais intenso, já que são necessárias mais consultas e devem ser feitos alguns exames específicos.

Apesar de todos os problemas, e de não existir uma solução 100% eficaz, existem algumas medidas que podem ser tomadas para tornar essa gravidez mais segura possível.

Tudo começa com o planejamento. Quando a família planeja engravidar um pouco mais tarde, ela pode tomar cuidados para potencializar suas chances.

Ela pode fazer “check-ups” mais rigorosos, de modo a tentar identificar doenças e quaisquer problemas que possam afetar a gravidez. Vacinas podem ser atualizadas e problemas como a anemia, podem ser previamente tratados. Dieta, atividade física e cuidados específicos, podem melhorar a condição da gravidez.

Existem também as técnicas de fertilização que podem aumentar muito as chances de sucesso. Usar óvulos congelados em idade jovem pode ajudar a gravidez para mulheres que deixaram para engravidar muito tarde e não conseguiram. Por isso, se tiver interesse nesta alternativa ou tenha qualquer dúvida, entre em contato conosco.

 

Comentários

comentário(s)

No comments

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>