Os desafios (e os prazeres) de ser mãe aos 50 anos

maio 15, 2015
admin
Fertilivita - Mae Aos 50

Graças à evolução da ciência da fertilidade, as mulheres podem ser mães após os 50 anos. Porém, nesta idade, há vários fatores que devem ser levados em consideração após a decisão de engravidar.

Vamos primeiro para o lado clínico e médico. Depois abordaremos rapidamente o fato da idade em si, após o nascimento e o prazer de ser mãe.

O corpo humano, muda muito após os 40. A menopausa começa a se aproximar, problemas de coração, incluindo hipertensão, problemas renais e problemas placentários começam a rondar exames de rotina. Estes e outros problemas comuns da idade merecem acompanhamento rigoroso e muito próximo.

A mulher tem mais dificuldade de engravidar com a idade. Algo natural, porque ela também terá mais dificuldades para praticar exercícios aeróbicos, por exemplo. As mulheres acima de 50 anos devem receber instruções individualmente.

Neste sentido, é válido fazer exames para checar se está em boas condições de saúde e assim prever riscos para a saúde do bebê e para a sua própria. Entre os exames, é importante passar por uma avaliação clínica, cardiológica e obstétrica. Se a mulher for saudável, caminho aberto para a gravidez, mas com um acompanhamento muito próximo e constante do seu médico de confiança.

Vale salientar que, a partir dos 45 anos, a gravidez natural é muito rara. A maioria dos casos costuma ter auxílio e tratamento específico.

E como ser mãe aos 50?

O instinto materno, tenho certeza, está presente na adolescente de 20 anos quanto em uma madura mulher de 50. As duas idades têm seus pontos positivos e negativos.

A mais jovem tem energia para cuidar do bebê, recupera-se logo de uma gravidez eventualmente complicada e até de uma cesárea, por exemplo.

Já a mãe mais experiente, talvez não tenha tanta energia para acompanhar o pique infantil de sua cria, mas com experiência, dribla e encurta todos os espaços rumo a uma boa criação.

E aí, qual sua decisão?

Comentários

comentário(s)

Tags:

No comments

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>