Intestino preso é comum nas grávidas. Saiba o que fazer

maio 25, 2015
admin
Intestino Presa

Período de maior alegria para uma mulher, a gravidez é acompanhada também de várias dúvidas e alguns incômodos. Um deles é o intestino preso. Mais comum em mulheres, na gravidez fica ainda mais evidente, pois a produção de progesterona ocorre em níveis bem mais elevados. O hormônio atua sobre a musculatura intestinal, causando um maior relaxamento e, consequentemente, a prisão de ventre. É o que chamamos de “intestino preguiçoso”. Mas há como melhorar bastante este quadro.

Para ajudar o intestino a funcionar é fundamental beber muita água (pelo menos dois litros por dia) e manter uma alimentação balanceada, rica em fibras, encontradas em grãos integrais, frutas, verduras e legumes. Vitaminas à base de mamão e laranja são bastante uteis.

Laxantes naturais podem ser usados desde que não seja em excesso. Alguns podem provocar contrações uterinas e que são terminantemente proibidas durante a gravidez. Folhas verdes em geral, castanha-do-pará, gergelim, linhaça, tangerina, ameixa e kiwi também são alimentos bastante indicados para auxiliar o funcionamento intestinal.

Atividade física moderada também ajuda muito, como caminhar pelo menos três vezes por semana, faz com que os movimentos peristálticos do intestino trabalhem melhor, combatendo a prisão de ventre. Outro hábito que pode ser estimulado é habituar o intestino com horários. Por último, preste atenção à mastigação, que por si só estimula o estômago e intestino a funcionarem a favor da gravidez.

A Fertilivitá tem um acompanhamento especial de grávidas com intestino preso por meio de exames, consultas e indicações de nutricionistas.

Comentários

comentário(s)

No comments

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>