Em 40% dos casais, a infertilidade está no homem

outubro 27, 2015
admin
Saiba mais sobre a infertilidade masculina

Hoje, a situação de ter de enfrentar problemas de infertilidade não é tão rara assim na vida de um casal, mas ainda é uma barreira para alguns homens, em especial porque muitos associam a infertilidade a problemas sexuais.

Durante muito tempo, os problemas foram todos atribuídos à mulher. E talvez seja essa a razão de se saber tão pouco sobre a infertilidade no homem. Por isso, atualmente, a conduta é encaminhar o casal para avaliação, pois a dificuldade pode estar tanto em um quanto no outro, ou até nos dois.

Estudos mostram que varicocele, processos infecciosos e disfunções hormonais são praticamente as únicas causas reversíveis da infertilidade masculina. Ninguém sabe como aumentar o número e a qualidade dos espermatozóides.

Outro mistério da ciência neste campo é com relação aos casos de infertilidade sem explicação plausível ou causa aparente, pois, apesar de homem e mulher preencherem totalmente as condições necessárias para a gravidez, ela simplesmente não ocorre.

Existe solução para muitos casos

Existem tratamentos para muitos casos de infertilidade masculina. Mas para isso é preciso ter um diagnóstico bem feito antes de tomar qualquer atitude.

A função do sistema reprodutor masculino é produzir e transportar os espermatozoides. Alterações deste sistema podem reduzir a quantidade, a movimentação, a forma e a capacidade de fertilização.

As principais causas que podem explicar estes problemas são: varicocele, processos infecciosos, exposição a toxinas, fatores genéticos, alterações hormonais e obstrução dos ductos de transporte. Além disso, boa parte dos homens com alteração no sêmen não tem qualquer motivo identificável que a explique.

O espermograma ou análise do sêmen é, até hoje, o mais importante exame para averiguar a capacidade reprodutiva dos homens, pois avalia de uma só vez a quantidade e, de certa forma, a qualidade do espermatozoide para fertilizar um óvulo.

O estilo de vida também pode interferir

Além da presença de doenças específicas é importante ressaltar que hábitos de vida pouco saudáveis também afetam negativamente a produção de espermatozoides.

Obesidade, estresse, má nutrição, exposição a produtos tóxicos e também à poluição integram a lista de fatores externos que podem culminar em problemas de fertilidade masculina.

Outra constatação indiscutível é que os anabolizantes podem acabar com a produção dos espermatozoides, e o uso frequente de maconha, cocaína e álcool comprometem a sua qualidade.

Comentários

comentário(s)

Related Posts

No comments

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>