Cuidados e prevenção contra o Zika Vírus

janeiro 18, 2016
admin
Saiba mais sobre Zika Vírus

Todo verão é a mesma coisa no Brasil. O mosquito Aedes Aegypti começa a se proliferar e todos temos de ficar alertas, sobretudo quanto à prevenção, que é sempre o melhor remédio. A novidade desta vez são outras duas doenças causadas pelo mesmo mosquito além da Dengue, a Febre Chikungunya e a Zika, mais recentemente.

Esta última, para as grávidas, é especialmente perigosa pela suspeita de causar microcefalia nos fetos.
O aumento recente de mais de 20 vezes de incidência desta doença no Brasil foi descoberto a partir de Pernambuco, quando médicos identificaram sintomas pregressos correspondentes à Zika em mulheres que haviam acabado de dar à luz. Outro fator importante foi a localização do vírus no líquido amniótico.

O Zika Vírus causa, geralmente, má formação do cérebro da criança, e costuma aparecer por conta de outras síndromes, como a de Guillain Barré, de paralisia pós-infecciosa, em que faz aparecer com mais frequência vírus como o Zika.

Porém, ninguém sabe ao certo porque temos esta alta incidência de microcefalia no Brasil e não temos em outras regiões do mundo que também apresentam surto de Zika, como alguns países da América Latina e a região da Polinésia Francesa.

Há apenas uma forma de prevenção, que é evitar a picada. Uma ótima arma, além de combater os focos que possibilitam a reprodução do mosquito causador das doenças, é usar repelentes à base de três substâncias: Icaridina, DEET e IR3535.

Quem já pegou Dengue não está imune ao Zika e a vacina recém-divulgada de combate à esta doença não imuniza contra outras transmitidas pelo Aedes Aegypti.

Sintomas e tratamentos do Zika Vírus

Alguns sintomas causados pelo Zika Vírus são comuns, como febre, coceira e pontos vermelhos pelo corpo.
Os tratamentos visam aliviar os sintomas e são feitos com analgésicos, anti-inflamatórios e antitérmicos, porém e fundamental procurar o médico de sua confiança, sempre.

Comentários

comentário(s)

No comments

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>