Compartilhamento de óvulos – mulheres juntas em busca da maternidade

abril 12, 2017
admin

3

Compartilhamento de óvulos – mulheres juntas em busca da maternidade

No último texto falei sobre o que pode e não pode quando falamos em doação de óvulos e embriões. Agora vamos falar de um assunto que é prolongamento desta rica discussão. Compartilhamento de óvulos.

Nem todas as mulheres vivem com plenitude o sonho de ser mãe. É comum, porém, uma ajudar a outra, mesmo sem se conhecerem.

Os tipos de perfis de mulheres são tão amplos quanto as disfunções ou problemas de reprodução que elas possam vir a ter. Quando o fator financeiro entra em cena, parecem que as dificuldades aumentam exponencialmente. “Mas para tudo dá-se um jeito”. Já diriam os mais experientes.

A doação compartilhada é uma excelente alternativa. Veja como funciona!

A doação compartilhada de óvulos torna-se uma alternativa importante para quem tem problemas no próprio ovário ou idade avançada. O método é autorizado pelo Conselho Federal de Medicina e permite que mulheres que estão em tratamento de reprodução assistida com seus próprios óvulos e desejam, seja por mera vontade ou por questões financeiras, doem parte do que é coletado.

Enquanto uma paciente concorda em ceder parte de seus óvulos para outra mulher, a receptora oferece um auxílio para pagar parte do procedimento de fertilização in vitro da doadora. Por um lado, o custo do tratamento da doadora é diminuído. Por outro, a receptora pode economizar o valor dos remédios de indução à ovulação.

Geralmente, as receptoras são mulheres acima dos 35 anos de idade que não produzem óvulos. Já as doadoras têm uma boa reserva ovariana.

Sigilo total é fundamental e exigido por lei!

Todo o trâmite é feito pela Clínica e as pacientes envolvidas são mantidas anônimas. As únicas informações compartilhadas são as descrições básicas das características físicas.

Após uma série de exames que investigam os riscos e o histórico de doenças genéticas e a combinação saudável de genes, o processo é iniciado.

Aqui na Clínica Fertilivitá estou sempre atento a unir mulheres com o mesmo interesse e situações diferentes. A atitude de ambas é solidária. Enquanto uma tem uma condição física mais favorável e outra a parte financeira, ambas se ajudam e normalmente dá certo 😀 .

Comentários

comentário(s)

No comments

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>