Biópsia Embrionária e sua importância para o sucesso de uma gravidez

julho 17, 2017
admin

SITE-Descolamento de placenta5

Casais que se submetem ao tratamento de fertilização in vitro (FIV) podem contar com dois importantes exames para verificar as condições dos embriões. São eles, o Screening Genético Pré-implantacional (PGS) e o Diagnóstico genético pré-implantacional (PGD). O processo consisite em realizar uma biópsia embrionária antes de serem implantados no útero materno, e podem ser utilizados para aumentar as  chances de sucesso gravidez, reduzir os casos de aborto e  verificar a existência de doenças genéticas.

Considerado uma das ferramentas mais modernas da citogenética molecular, o PGS é um exame completo capaz de detectar anomalias cromossomicas. Dispendioso, é recomendando em situações específicas. A primeira delas é a verificação de alterações cromossômicas em casais em que a mulher tenha idade avançada (mais que 39 anos). Isto porque, com a progressão da idade, há grandes chances de os óvulos não serem completamente saudáveis, o que aumenta a proporção de geração de embriões anormais. Neste caso, melhora-se a acurácia do tratamento e as chances de gravidez são maiores.

Outra indicação do PGS é a quando casais jovens e saudáveis apresentam uma perda sucessiva de embriões, seja por abortos espontâneos ou, até mesmo por problemas no processo de implantação na FIV. Por meio de um laser específico, retira-se uma ou algumas células do embrião no quinto dia de formação. As células são, em seguida, enviadas ao laboratório de genética para análise.

Já o PGD é muito utilizado para verificar a presença de eventuais doenças genéticas específicas do casal, especialmente as determinadas por herança autossômica recessiva.

Concluindo, é importante deixar claro que a biópsia embrionária não é utilizada para selecionar embriões de acordo com o sexo. Esta prática é considerada antiética em todo o mundo. Portanto, neste caso, futuros papais e mamães deverão contar apenas com a sorte e a vontade da natureza.

Comentários

comentário(s)

No comments

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>